Entenda a resistência do Governo de ceder mais na taxação sobre dividendos na reforma tributária!

Esclareça Todas As Suas Dúvidas Sobre O Benefício Do Vale Refeição Hs - Contabilidade em Santo André - SP | HS Contábil

Governo resiste a ceder mais na taxação sobre dividendos na reforma tributária

Guedes e Tostes se reuniram com setores de saúde, educação, habitação e empresários do Paraná

Insatisfeitos com os impactos da reforma do imposto de renda, representantes dos setores de saúde, educação e habitação propuseram a integrantes da equipe econômica que a taxação sobre dividendos tenha uma alíquota de 2,5% para as empresas do lucro presumido em 2022 e em 5% a partir de 2023, bem menor do que os 20% propostos como regra geral para a distribuição de lucros. Além disso, os empresários pediram isenção para os dividendos distribuídos pelas empresas do Simples — o sistema tributário das empresas menores.

Não houve compromisso da equipe do ministro Paulo Guedes em adotar as ideias. Os técnicos disseram que as propostas serão analisadas e discutidas, ainda que as decisões nesse momento dependam muito mais do Congresso do que do próprio governo.

Uma fonte da Economia não mostrou muita simpatia às ideias, lembrando que todo mundo gostaria de pagar pouco ou nenhum tributo. Outro integrante, por sua vez, avaliou que se as empresas do Simples e do lucro presumido não forem contempladas com um ajuste na proposta, ela poderá ficar parada no Congresso.

Fonte: Valor investe

Compartilhe nas redes!

Entenda a resistência do Governo de ceder mais na taxação sobre dividendos na reforma tributária!

    Precisando de ajuda ou quer falar com um especialista? Preencha os campos abaixo!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Rolar para o topo
    Recomendado só para você!
    Reforma Tributária: o impacto da proposta feita pelo Executivo Neste…
    shares
    Open chat