E-commerce: saiba mais sobre as expectativas de clientes em relação à rapidez das entregas.

Blog Aut Curadoria (hs Contabil) - Contabilidade em Santo André - SP | HS Contábil

A depender dos consumidores, as entregas ultra rápidas, chamadas de same-day delivery, ou entregas no mesmo dia, têm tudo para se tornar a regra no comércio eletrônico brasileiro.

Nova pesquisa do Capterra mostra que a rapidez é o item mais importante na entrega dos pedidos online, superando questões como preço e atendimento. Embora o índice de aceitação seja alto, apenas 25% dos entrevistados disseram que estão dispostos a deixar de comprar em uma loja que não oferece entrega no mesmo dia.

Os dados são provenientes do novo estudo publicado pelo Capterra, plataforma de comparação de softwares, que investigou o comportamento dos consumidores em torno do quick commerce (ou q-commerce).

Ainda ganhando popularidade no Brasil, o termo q-commerce se refere ao método de comércio online em que o tempo de entrega é reduzido. Serviços como a plataforma de delivery de supermercados Daki, que promete entregas em até 15 minutos, e Amazon Prime, que costuma incluir também fretes gratuitos, deram visibilidade à modalidade.

No entanto, a realidade se mostra diferente da expectativa por rapidez da parte dos consumidores. De nove categorias de produtos analisadas pelos entrevistados do Capterra, para cinco delas os respondentes disseram que a entrega demora mais de cinco dias para chegar.

“O estudo do Capterra demonstra que o tempo de entrega está alinhado ao tipo de mercadoria e sua finalidade. Portanto, é necessário que os varejistas conheçam as características de seus produtos para poder organizar uma operação logística rápida e eficiente”, explica Marcela Gava, analista responsável pelo estudo.

Produtos de casa e decoração, além de eletrônicos, são os que mais costumam demorar para serem entregues (43% e 38% respectivamente), segundo os consumidores. No outro oposto, medicamentos e produtos farmacêuticos são os que chegam com maior rapidez na casa do cliente —34% disseram que eles são entregues em menos de uma hora.

O estudo do Capterra mostrou também que, para os consumidores, há um desejo quase generalizado pela redução dos prazos de entrega, já que 95% indicaram que gostariam de diminuir os prazos de entregas.

Nível de satisfação está atrelado à logística

Para a maior parte dos entrevistados (56%), a sua satisfação com uma loja é muito influenciada pelo serviço de entrega. Além disso, na seleção de um fornecedor, quase dois terços (64%) se disseram influenciados em algum grau pelo tempo de entrega oferecido por uma loja.

Mesmo com a alta rejeição por prazos demorados, ainda assim, a pesquisa do Capterra mostrou que os principais problemas com as entregas são as altas taxas de frete (38%), e, em seguida, os atrasos no serviço logístico (26%).

Fonte: Contábeis

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da HS Contábil.

Somos um escritório contábil focado em ajudar micro, pequenas e médias empresas a melhorarem sua gestão, a alcançarem resultados incríveis e a crescerem.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar a ferramenta própria de chat disponibilizada em nosso site.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post
E-commerce: saiba mais sobre as expectativas de clientes em relação à rapidez das entregas.

Compartilhe nas redes!

Rolar para o topo
Recomendado só para você!
Estudo mostra os impactos da pandemia na EAD, formato e…