Bilhões: essa é a perspectiva para as vendas natalinas. Informe-se e lucre mais!

135 Hs - Contabilidade em Santo André - SP | HS Contábil

Vendas para o Natal vão movimentar bilhões em dinheiro

Expectativa dos economistas é que 77% dos consumidores comprem presentes

A pouco mais de 15 dias para o Natal, já é possível ver a movimentação nas ruas de consumidores procurando as “lembrancinhas” para presentear os familiares e amigos. Para o comércio, essa é a data mais importante para obter lucros com as vendas. Contudo, a internet é um campo que está sendo bastante procurado também.

Vejamos os números que estão sendo projetados para este ano após a pandemia que deixou muitas pessoas receosas de sair de casa. O avanço da vacinação e o pleno funcionamento das atividades comerciais em todo o país, estão estimulando as vendas.

Expectativas de vendas

A pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas diz que a expectativa é que 77% dos consumidores presenteie neste Natal. De acordo com o levantamento, estima-se que 123,7 milhões de pessoas devem ir às compras de presentes de Natal, com potencial para injetar aproximadamente R$ 68,4 bilhões na economia.

Mesmo em um cenário de dificuldade econômica, o otimismo toma conta dos economistas e dos comerciantes. Afinal, o Natal é o período mais aguardado do ano e dá indícios de que a disposição dos brasileiros para consumir está retornando, mesmo que seja de forma gradativa.

Entre aqueles que não pretendem presentear no Natal, a principal justificativa é a falta de dinheiro (26%), não gostar ou não ter o costume (19%), seguido pelos que estão desempregados (16%).

Internet está sendo uma boa alternativa

Seguindo a tendência das compras online, a internet (45%) será o principal local de compra dos consumidores no Natal, em seguida aparecem as lojas de departamento (43%) e o shopping center (40%). Entre aqueles que farão compras online, 37% devem comprar quase todos os presentes na internet; 31%, metade dos presentes; e 21%, todos os presentes. Em média, 67% dos presentes serão comprados pela internet.

Os canais de compra online mais utilizados devem ser: os sites (76%) e os aplicativos (72%), com destaque para os de lojas varejistas nacionais e em sites internacionais, seguidos pelo Instagram (23%).

A internet também será o principal local de pesquisa de preços, de acordo com os entrevistados: 79% pretendem fazer pesquisa de preços antes de comprar os presentes, sendo que 83% vão utilizar a internet (sobretudo os sites e aplicativos e as redes sociais). Já 68% costumam fazer pesquisas de forma offline, principalmente nas lojas de shopping e de rua.

Os consumidores também estão atentos aos preços. Quando se trata da escolha do estabelecimento onde pretendem comprar os presentes, 55% são influenciados pelo preço. Já 39% escolhem o local por conta de ofertas e promoções; 24%, pela variedade de produtos; e 23%, pelo atendimento.

De acordo com os consumidores, 49% pretendem parcelar as compras para ter condições de comprar todos os presentes, 43% afirmam que mesmo tendo condições de pagar à vista, preferem pagar desta forma para garantir sobra de dinheiro no orçamento e 28% para poder comprar presentes melhores.

Fonte: Jornal Contábil

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da HS Contábil.

Somos um escritório contábil focado em ajudar micro, pequenas e médias empresas a melhorarem sua gestão, a alcançarem resultados incríveis e a crescerem.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar a ferramenta própria de chat disponibilizada em nosso site.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post
Bilhões: essa é a perspectiva para as vendas natalinas. Informe-se e lucre mais!

Compartilhe nas redes!

Rolar para o topo
Recomendado só para você!
Copom inicia reunião para definir taxa básica de juros Selic…