Anywhere office: saiba quais os cuidados você precisa ter ao implementá-lo em sua empresa

Blog Aut Curadoria (hs Contabil) - Contabilidade em Santo André - SP | HS Contábil

Modelo de trabalho flexível contribui para bem-estar de toda a equipe, mas para que funcione deve ser direcionado com atenção.

O trabalho remoto chegou com tudo. Sair de casa todos os dias e ir para a empresa já não é mais uma regra, sendo até uma condição para muitos brasileiros aceitarem uma vaga ou não.

É um modelo que mudou o que entendemos por ambiente profissional e está sendo cada vez mais abraçado por organizações e colaboradores.

Mesmo para as companhias que dependem da presença dos funcionários em pelo menos em alguns dias específicos, o sistema híbrido foi a saída para ajudar os integrantes das equipes a continuarem produtivos, sem que perdessem a oportunidade de dedicar mais tempo às suas vidas pessoais.

A partir dessa situação, uma nova tendência está dando as caras no mundo corporativo: o anywhere office.

Como o próprio nome diz, estamos falando de um contexto em que qualquer lugar pode ser um escritório, basta que haja um computador, notebook, tablet ou até celular, e o acesso à internet. Ou seja, é um modelo que traz muito mais facilidade em organizar o cotidiano de uma companhia, o que tem sido percebido por grandes corporações.

O Airbnb, por exemplo, anunciou que vai permitir que os funcionários “trabalhem e vivam em qualquer lugar”. De acordo com a declaração da marca, o mundo como um todo está se tornando mais flexível em relação ao local em que as pessoas podem trabalhar.

O principal benefício do anywhere office é, sem dúvida, a quebra da barreira geográfica. Tempo, deslocamento e questões síncronas e assíncronas tomaram um rumo mais fluido e com menos obstáculos, como podemos observar na contratação.

A proximidade necessária para o trabalho presencial restringe muito as possibilidades de se contratar um colaborador, mas com a função remota a gama de talentos disponível torna-se muito maior.

Consequentemente, com mais funcionários qualificados, a empresa terá mais resultados positivos. Isso sem falar na estabilização desse processo, pois o trabalhador ganha mais flexibilidade, que possibilita a ele ter mais harmonia na relação profissão/vida.

Esse sempre foi o nosso pensamento no Tutormundi. E não poderia ser diferente em uma empresa criada por dois brasileiros e um holandês, e que nasceu no Vale do Silício, nos Estados Unidos, local que abriga o maior número de empresas inovadoras do mundo. Já se foi o tempo em que existiam fronteiras físicas para empreender ou trabalhar em alguma companhia.

O trabalho remoto é muito mais do que um novo jeito de trabalhar, é um novo modo de viver. O meio profissional é parte fundamental do cotidiano do ser humano.

Logo, mudanças drásticas como o remanejamento do ambiente trabalhista afetam diretamente o modo de agir fora dele. Para alguns, pode significar ficar mais próximo dos entes queridos: filhos, amigos e parentes.

Para outros, é a chance de morar na tranquilidade do interior e aumentar a qualidade de vida. Já para os mais ousados, está em qualquer lugar, chegando até ao extremo do nomadismo. Não existe resposta ou caminho certo.

No entanto, nada que parece promissor vem sem grandes desafios. Nesse caso, um deles é a gestão. Pela relação de trabalho ser substancialmente diferente e por estar em um processo de implementação massiva, o modo remoto demanda novas estratégias.

Ainda não há muito conhecimento produzido de como gerir a empresa nesse cenário, apesar de muitas liderarem esse movimento e compartilharem seus aprendizados.

Hoje, sabe-se que modelos de negócios que funcionam via OKRs, com reuniões síncronas, participações assíncronas e uso de mecanismos como mensagens (de voz ou texto) e vídeos são muito eficazes.

Porém, é preciso de mais tempo e volume para que essas metodologias se espalhem naturalmente.

O mesmo raciocínio se aplica aos recursos. É impossível que um sistema remoto funcione sem a tecnologia adequada para a comunicação entre colaboradores e a própria realização de suas funções.

Apesar de termos boas ferramentas disponíveis no mercado como um todo, ainda não são o bastante para o estabelecimento definitivo do modelo anywhere office, até porque não há uma solução absoluta.

Da mesma forma que os sistemas operacionais amadureceram com o tempo, a expectativa é que os dispositivos que viabilizam o trabalho à distância se aprimorem com cautela.

Se perguntarmos para qualquer funcionário qual é o mundo profissional ideal, sem a menor sombra de dúvida todos responderão, sejam líderes ou não, que é a conciliação do sucesso no trabalho com uma vida pessoal feliz.

O anywhere office é um excelente caminho para essa perspectiva, em que a organização não se prende a um dia a dia burocrático, que muitas vezes não só atrapalha a produtividade dos funcionários, mas também o bem-estar deles.

Contudo, ainda há muitos passos a serem dados.

A disciplina é um dos principais aspectos para acelerar a construção dessa visão corporativa moderna, que consegue mesclar flexibilidade e a realização das tarefas operacionais.

Com o aperfeiçoamento de tecnologias já existentes e a educação nas empresas, é plenamente possível que o trabalho se torne um ambiente mais harmonioso para os brasileiros nos próximos anos.

Fonte: Contábeis

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da HS Contábil.

Somos um escritório contábil focado em ajudar micro, pequenas e médias empresas a melhorarem sua gestão, a alcançarem resultados incríveis e a crescerem.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar a ferramenta própria de chat disponibilizada em nosso site.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post
Anywhere office: saiba quais os cuidados você precisa ter ao implementá-lo em sua empresa

Compartilhe nas redes!

Rolar para o topo
Recomendado só para você!
Desde 1º de janeiro, a Síndrome de Burnout passou a…