Contabilidade em Santo André - São Paulo

5 dicas para melhorar o controle de estoque da sua farmácia que contribuem para a redução de impostos

Fale com um especialista agora gratuitamente!

Não te mandaremos spam!

Nesse artigo você vai ver:
Controle De Estoque Farmacia - HS Contábil

 

Quando o assunto é cuidar dos estoques, muitos gestores de farmácia pensam que esta é apenas uma atividade burocrática, porém, quando você passa a cuidar disso dentro de um checklist de prioridades para ter maior eficiência, cada item conta pontos para aumentar sua lucratividade.

 

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A HS Contábil pode ajudar você na abertura de sua empresa, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.

E, antes que você pense que essa atividade pode ser complexa e demorada, queremos te apresentar 5 dicas imediatamente aplicáveis, para tornar sua farmácia de qualquer tamanho, alinhada com as melhores práticas de logística do mercado.

 

Anote estas 5 dicas de estoque para sua farmácia!

Sugerimos que anote e aplique todas essas dicas e compare seus resultados mensalmente – você vai se surpreender como pequenas mudanças operacionais podem trazer grandes efeitos na sua operação de venda de medicamentos, na precificação e até na redução de impostos da sua farmácia. Confira a seguir:

 

1. Faça promoções em produtos com data próxima ao vencimento

Boa parte dos clientes de uma farmácia possuem o hábito de retornar ao estabelecimento com frequência para novas compras e têm o preço de referência facilmente “ancorado” na memória.

 

Isso quer dizer que quando você faz uma promoção de preços, ela é imediatamente percebida, e pode gerar uma decisão de compra imediata.

 

Ao fazer a redução de preços em itens próximos ao vencimento na sua farmácia, você acelera o giro da mercadoria com esse trunfo do cliente frequente e evita o desperdício. É uma ação inteligente de estoque que reduz perdas e apenas demanda um controle simples de datas.

 

2. Boas parcerias com fornecedores vão além de preço

Uma boa gestão de estoque na farmácia passa por efetuar compras realmente necessárias com maior agilidade, reduzindo os dias de produtos parados na prateleira.

 

Isso exige boas parcerias com os fornecedores, para evitar problemas, como a falta de produtos essenciais na loja – compras precisam ter preços competitivos, mas o menor preço nem sempre é a única opção analisada.

 

Um cliente que vai até sua farmácia em busca de um medicamento de uso contínuo, por exemplo, e seu fornecedor não cumpriu a data de entrega.

É uma chance desperdiçada de venda, somada ao fato de que esse consumidor busque outra drogaria concorrente como opção.

 

3.Programe inventários simples mensalmente

A contagem e valorização do seu estoque, atividade conhecida como inventário, pode ser trabalhosa, porém é de fundamental importância para evitar registros incorretos e trazer clareza a sua gestão.

 

Esse procedimento permite que você confira periodicamente (recomenda-se uma vez ao mês) se os itens físicos batem com os seus registros e permitem correções rápidas.

 

4. Software de gestão pode ser seu melhor aliado

Controlar o estoque de uma farmácia manualmente é uma tarefa quase impossível nos dias de hoje. Basta pensar que uma farmácia de pequeno porte conta uma variedade que ultrapassa facilmente três ou quatro mil itens.

 

Contratar um software de gestão para o controle de estoque da sua farmácia pode parecer uma despesa alta, mas os benefícios e a agilidade valerão cada centavo investido.

 

E podem ocorrer até benefícios ocultos nessa nova contratação…
Identificar erros em lançamentos e possíveis falhas na tributação, podem contribuir para descobrir pagamentos de impostos indevidos e reverter em créditos que paguem esse novo serviço.

estoque farmácia

5.Conheça e invista nos seus produtos mais estratégicos

Preparar uma análise de curva ABC para os produtos da sua farmácia ou drogaria é essencial para ter um estoque otimizado. Ao fazer isso, o gestor entende exatamente qual é a participação de cada um dos produtos no faturamento da farmácia, e pode planejar melhor as estratégias do seu negócio.

 

E não se preocupe porque é simples! A curva ABC classifica os produtos em três categorias e você deve ajustar seu percentual de estoque à proporção de quantidades sugeridas:

 

PRODUTOS DE CURVA A

Os produtos da curva A são itens de giro alto, em especial medicamentos para gripe e doenças comuns, que vendem muito nas farmácias.

 

Eles necessitam de compras constantes e merecem uma cobertura de estoque de pelo menos 30 dias, e devem compor 50% do seu estoque.

 

PRODUTOS DE CURVA B

Estes itens possuem um giro de estoque menor do que a curva A, mas ainda assim têm boa representatividade nas vendas.

 

Eles devem compor 35% do seu estoque e vale apostar em uma cobertura média de estoque de 60 dias.

 

PRODUTOS DE CURVA C

E finalizando, os produtos de curva C são aqueles que demandam compras esporádicas, tendo em vista que não vendem muito.

 

Eles devem compor entre 10% e 15% do estoque da farmácia e ter uma cobertura de 90 dias.

 

Alguns gestores de farmácias ainda mesclam a curva C com uma curva D, e reservam 5% do estoque para itens de giro mais lento – considerando que podem ficar no estoque por 120 dias ou mais.

 

Nosso conselho é que você apenas acrescente esta última curva D com medicamentos ou outros produtos que realmente façam a diferença no seu mix.

 

Harmonizando gestão de estoque e tributação:

 

Uma gestão de estoque robusta é um dos segredos que formam a espinha dorsal de uma farmácia bem-sucedida. Além de garantir a disponibilidade adequada de produtos, ela permite uma análise precisa dos fluxos de entrada e saída, fundamentais para evitar desperdícios e maximizar a rentabilidade.

 

E ainda existe um benefício adicional ligado à tributação:

 

Uma gestão eficiente do estoque impacta diretamente a tributação da sua farmácia, afinal, ao controlar detalhes produto a produto, você identifica erros com maior facilidade, seja em códigos de classificação fiscal, alíquotas ou impostos destacados.

 

Ao adotar práticas inteligentes, utilizar tecnologia e manter-se atualizado sobre regulamentações fiscais, as farmácias podem conquistar um equilíbrio entre eficiência operacional e responsabilidade fiscal, garantindo um futuro financeiro sólido.

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da HS Contábil.

Somos um escritório contábil focado em ajudar micro, pequenas e médias empresas a melhorarem sua gestão, a alcançarem resultados incríveis e a crescerem.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar a ferramenta própria de chat disponibilizada em nosso site.

Estamos apenas te esperando.

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Compartilhe nas redes!

Categorias

Categorias

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Cta Post.png - Contabilidade em Santo André - SP | HS Contábil
Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você!
A precificação de uma farmácia é uma atividade mais complexa…